Qual é a Verdade sobre os Atentados de 11 de Setembro de 2.001?

Autores

    Certamente todos se recordam muito bem do trágico atentado às Torres Gêmeas do World Trade Center e ao Pentágono nos Estados Unidos, no dia 11 de setembro de 2.001, aonde morreram, ao todo, por volta de 3 mil pessoas. Oficialmente, a Al Qaeda, na época liderada por Osama Bin Laden, teria assumido o atentado, mas os seus líderes ainda não foram capturados. Porém, ao longo dos últimos anos, têm surgido várias expeculações que questionam essa versão e levantam sérias suspeitas apresentando inúmeras evidências de que o próprio governo norte-americano teria planejado e executado esses atentados. Mas a troco de quê ele destruiria um dos patrimônios aonde estava concentrada grande parte de seu poder, se mostrando frágil diante do mundo que sempre o viu como uma super-potência em todos os sentidos, e, o que é pior, matando várias pessoas inocentes, inclusive cidadãos de sua própria nação? E, por outro lado, o que levou várias pessoas a levantarem essas suspeitas que, a princípio, parecem ser tão absurdas? Fiz algumas pesquisas e levantei vários dados, os quais publicarei aqui expondo os fatos da maneira mais parcial possível.

    Os Estados Unidos são uma poderosíssima super-potência militar e, segundo dados da Comissão de Inquéritos dos atentados de 11 de setembro de 2.001, os serviços secretos americanos tiveram 10 oportunidades para evitar os atentados. Então por que não o evitaram? A imprensa afirma que o presidente do Egito, os serviços secretos da Alemanha e da Rússia, entre outros, e, inclusive, o próprio FBI, haviam avisado a administração do então Presidente George W. Bush de que haveria um atentado, mas isso simplesmente foi ignorado. E por que isso teria sido ignorado? Será que as forças de defesa acharam que tudo isso era trote? Ou será que esses avisos, na verdade, nunca aconteceram?
    Será coincidência? Grande parte dos funcionários que trabalhavam no Pentágono, na área atingida, não foram trabalhar naquele dia. Dos 30.000 funcionários do WTC morreram 2.807 (menos de 10%), e 4.000 funcionários do alto escalão estavam numa festa de caridade; Entre as vítimas não haviam grandes executivos.
    Isso parece, no mínimo, estranho, não é? E há ainda outras perguntas bastante interessantes:

    Mas para prosseguirmos com nossa investigação, vamos conhecer os pontos de partida de cada avião:
    O Boeing 737 atingiu a Torre Norte as 09:45hrs e o Boeing 767 a Torre Sul as 10:04hrs. É óbvio que os terroristas deveriam querer causar uma grande destruição e com muitas mortes, certo? Então por que atacaram por volta das 10:00hrs, sendo que o expediente de maior movimento sempre começava depois desse horário?
    O intervalo de ataque entre o primeiro e o segundo avião foi de 19 minutos, e o terceiro, o Boeing 757-200, colidiu com o Pentágono somente as 10:40hrs, ou seja: Quase uma hora depois. Se tiveram tanto tempo, por que a Força Aérea não se mobilizou e nem sequer conseguiu detectar o segundo e o terceiro ataque? E não nos esqueçamos de houve ainda um 4º ataque, o qual, segundo a história oficialmente aceita, não chegou ao seu desconhecido alvo devido a reação dos passageiros que lutaram com os terroristas fazendo com que ele caísse numa área deserta da Pensilvânia as 10:06hrs; Fato esse muito contestado porque as evidências são de que ele, na verdade, tenha sido interceptado por um míssel, levando-se em consideração que partes da aeronave foram encontradas até a 4 milhas (cerca de 6 quilômetros e meio) do local da queda. Olha só que interessante: Todos aviões sobrevoaram vários quilômetros do espaço aéreo norte-americano e, por aproximadamente uma hora, os serviços de vigilância e defesa anti-aérea controlados por 26 empresas de inteligência e segurança que recebiam um investimento de 30 bilhões de dólares por ano, simplesmente falharam. Os líderes do comando de defesa anti-aérea trocaram acusações entre sí, não apresentaram argumentos convincentes e ninguém assumiu a responsabilidade. Será que todo aquele enorme aparato militar era só uma grande faixada? Ou será que todos já sabiam da grande farsa e por isso ninguém agiu?
    Aonde foram parar os destroços dos aviões? Por exemplo: No caso do Pentágono, apenas as paredes da frente foram danificadas e não há destroços do avião. Sengundo informações, o avião teria caído no relvado e deslizado até a parede; mas, um detalhe interessante é que não há nenhum sinal de deslizamento e a grama continuou verdinha. Como poderia um boeing 757-200 de 13 metros e meio de altura, asas com cerca de 39 metros, pesando 100 toneladas, caindo a uma velocidade de aproximadamente 600 milhas por hora destruir apenas as primeiras paredes e, simplesmente, não deixar destroços? O mais estranho é que a cratera feita na parede tinha apenas 2 metros e meio de diâmetro e era circular. Quando questionados pelos repórteres, não souberam responder a essa questão. Os sobreviventes afirmam terem ouvido um estridente barulho parecido com o som da turbina de um caça e não de um boeing, o que reforça as suspeitas de que se tenha realmente sido lançado um míssel. Além do mais, se era para causar estragos, por que o avião foi lançado contra a parede e não sobre o teto aonde a destruição seria bem maior? Pois um detalhe muito interessante é que essa área atingida estava em reforma: Vários gabinetes estavam desocupados porque alí estava sendo construído um novo centro de comando da Marinha. A maior parte dos que trabalhavam naquele lado eram pessoas civís que prestavam serviços nas instalações dos novos departamentos; não morreu nenhum general ou qualquer funcionário de cargo mais elevado.
    Como os terroristas conseguiram comprar bilhetes para vôos comerciais usando seus nomes verdadeiros sendo que eles eram procurados pelo FBI no mundo inteiro? Um desses supostos terroristas seria o piloto Mohamed Atta. Porém, ele teria sido visto ingerindo bebidas alcoólicas 4 dias antes do atentado (uma sexta-feira) num bar perto de Miami. Como seria possível isso já que a sexta-feira é um dia sagrado para os muçulmanos? O passaporte de um dos suicidas foi encontrado nos escombros de uma das torres praticamente intacto, como seria possível isso a uma temperatura de 1.000 graus? Outro detalhe interessante é que no dia 12 de setembro (um dia depois dos ataques), as autoridades americanas já tinham nomes e fotos dos terroristas. Isso não é estranho? Pois se eles já eram suspeitos, por que não foram detidos no aeroporto e como conseguiram passar pelas revistas da área de embarque estando armados? Outra curiosidade interessante é que esses pilotos só pilotavam pequenos aviões Pipper e Cessna, como eles conseguiram fazer manobras tão difíceis a uma baixa altitude e em um lugar tão apertado, controlando enormes boeings os quais eles não tinham experiência para pilotar? Além do mais, de todos os nomes divulgados pelo governo americano, foi constatado algum tempo depois que a maioria está viva em seus países de origem. Como eles conseguiram sobreviver a tão trágicos desastres e ao mesmo tempo fugirem da temerosa polícia americana? Realmente eles devem ter sido muito bem treinados, não é mesmo?
    Como foram apresentadas pelo governo gravações de chamadas telefônicas de passageiros durante os vôos sendo que telefones celulares não funcionariam a 8.000 mil pés de altitude numa velocidade média de 230mp/h? Diante desses fatos podemos concluir que a American Air Lines sabia de tudo e agiu em cumplicidade com os Estados Unidos.
    Agora vamos analisar como aconteceram as colisões nas torres: Elas foram atingidas bem próximo ao topo, então como desmoronaram totalmente para baixo e não para os lados, ou por que nã foram destruídas apenas parcialmente? As imagens das quedas lembram claramente várias implosões planejadas quando construtoras estão demolindo prédios. Alguns bombeiros que estavam no interior das torres também escutaram barulhos de explosões e algumas pessoas que saíram correndo disseram ter ouvido uma forte explosão no 8º andar. Segundo o professor Hyman Brown, que é um dos engenheiros responsáveis por ambas as construções, elas foram projetadas para resistirem aos mais poderosos tipos de impactos como terremotos, furacões e, inclusive, aviões. Oficialmente, a explicação é que elas teriam caído porque seu interior ficou bastante danificado devido às altas temperaturas dos incêndios e das explosões causadas pelos combustíveis das aeronaves. Porém, essa explicação não é convincente em relação à Torre Sul porque no momento da colisão todo o combustível teria explodido em seu interior numa bola de fogo no local do impacto. E o que se questiona também é que pelo tempo de vôo as aeronaves não teriam tanto combustível assim para causar tão fortes explosões a menos que, como também se suspeita, houvesse bombas incendiárias presas às fuselagens. E pelo que dizem os especialistas, a querosene jamais atingiria uma temperatura suficiente para derreter as vigas de aço que sustentavam a estrutura dos dois edifícios. Em março de 2.002 houve uma audiência com uma queixa oficial de “corrupção de evidências” para apurar o seguinte fato: Porque todos os destroços, entre eles as vigas de aço, foram reciclados e derretidos.
    A mesma coisa aconteceu no Pentágono: Todo o entulho foi removido rapidamente e logo a área destruída foi reconstruída e foram colocadas pedras e terras sobre o local. Por que não permitiram eles profundas perícias no que sobrou das construções? Ainda no Pentágono, o interessante é que demoliram rapidamente o restante das paredes da faixada alegando que temiam que elas viessem a cair pois poderiam estar com suas estruturas abaladas pelo impacto. Porém, elas estavam intactas e suspeita-se que a demoliram porque não queriam que todos vissem que o buraco causado pela colisão era pequeno demais para ser feito por um boeing daquele porte. Também não foi permitido à imprensa fotografar ou filmar de perto os escombros, todas as imagens foram feitas de longe.

    Por que as imagens internas dos prédios só foram liberadas para a televisão um ano depois dos atentados, e isso só ocorreu após elas terem sido analisadas pelo Pentágono? E as imagens das câmeras de segurança do próprio Pentágono foram visivelmente cortadas mostrando apenas as explosões e não o avião. Estariam eles tentando esconder a imagem do míssel? Além do mais, na manipulação do vídeo cometeram um erro ao digitar a data como sendo o dia 12 e não o dia 11 de setembro. Se realmente se trata de um míssel, como poderia esse míssel sobrevoar o território americano e chegar ao onipotente Pentágono sem ser rastreado por seus radares, sendo que ele foi rastreado por uma controladora de vôo do aeroporto de Dulles sobrevoando aquela região a 800km/h e mudando de tragetória bruscamente em direção ao alvo atingido? A resposta é a seguinte: Os mísseis norte-americanos possuem códigos que são reconhecidos como amigáveis dentro de seu território e por isso não aciona as baterias anti-aéreas.

    No caso das Torres, a explicação é a seguinte: Existe um avião chamado Global Hawk, ele é de grande porte assim como um Boeing e pode ser guiado por controle remoto. Eles atingiriam o alvo com facilidade seguindo sinais emitidos por bases instaladas nas próprias torres. Alguns radioamadores detectaram esses sinais, os quais somente foram acionados momentos antes dos ataques para não serem descobertos.
    Um fato que quase nem foi mencionado é que um prédio escuro próximo ao WTC também desmoronou e o curioso é que ele nem se quer foi tocado pelas torres ou pelos aviões e, assim como elas, ele apresenta todas as características de ter sido implodido. Nesse prédio, chamado de Torre 7, funcionavam antigos escritórios da CIA, o que estariam eles tentando esconder?

    Pois se esses aviões existem, o que aconteceu com suas caixas-pretas? Como sabemos, as caixas-pretas armazena todos os dados sobre o vôo, inclusives as conversa entre a tripulação e a torre de comando, e são feitas de um material capaz de resistir a altos impactos, temperaturas e pressão da ágüa, ou seja, são praticamente indestrutíveis. As informações passadas para a imprensa é de que elas não suportaram o impacto. Ora, como um simples passa-porte de um dos supostos terroristas foi encontrado quase intacto enquanto as super-resistentes caixas-pretas foram simplesmente destruídas?

    Se essas evidências levam a crer que realmente foi o governo norte-americano quem planejou e executou esses atentados, a grande pergunta que não pode deixar de ser feita é: Por que ele fez isso? Vejamos então a mais provável explicação: Os Estados Unidos queriam se apoderar do Afeganistão aonde futuramente pretendem construir um gaseoduto e óleodutos que vão desde o Mar Cáspio até a Costa do Paquistão, e mais tarde invadiriam o Iraque. Para ter o apoio mundial para realizar tais invasões, eles teriam que sensibilizar o mundo inteiro fazendo papel de vítima, mostrando o perigo que esses países representam para a humanidade. Logo em seguida aos atentados, a tv mostrou imagens de árabes festejando nas ruas; Portanto, essas imagens, eram, na verdade, de 1.991, quando eles comemoravam a derrota do Iraque numa frustrada tentativa de invadir o Kuwait. Foi dessa maneira que se iniciou o que eles chamam de guerra ao terrorismo que, segundo fontes do Pentágono, deve durar por volta de 10 anos.

    O nome mais mencionado de quem supostamente seria o autor dos atentados foi Osama Bin Laden. Mas quem é ele? Osama Muhamad Bin Awad Laden foi um homem treinado pela própria CIA (Central Intelligence Agency, ou Agência Central de Inteligência). Ainda por volta de julho de 2.001, ele recebia colaborações de agentes da CIA na Arábia Saudita. Pois tanto ele quanto sua família estavam envolvidos em negócios de fabricação de armas e na indústria petrolífera. George Bush (pai de George W. Bush) é dono de uma empresa chamada Arbusto Energy e negociava petróleo com a família de Bin Laden, inclusive esteve em uma reunião com eles em 1.988. Ele próprio disse que não teve nada a ver com esses ataques terroristas e que eles foram realmente realizados pelos próprios americanos. Portanto Bin Laden nada mais é do que um bode expiatório nessa história toda.
    Só há mais uma pergunta muito intrigante que não pode deixar de ser feita: Se realmente foi dessa forma que ocorreram todos os fatos, então o que aconteceu com os verdadeiros aviões, sua tripulação e seus
passageiros?
    Ainda hoje, uma década depois, a versão oficial continua a mesma e tudo o que foi apresentado aqui é considerado meramente como uma simples teoria conspiratória! Há ainda várias outras evidências que não mencionei aqui, mas pretendo publicá-las em breve. Agora, a nossa maior preocupação é a seguinte: Será que um dia, oficialmente, a verdade virá à tona e os verdadeiros culpados serão realmente punidos? Só o que posso dizer é que, no final, sempre prevalece a infalível justiça de Deus!

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: